Notícias do mercado de Outsourcing de Impressão

Analista do Gartner comenta principais tendências de sourcing, outsourcing, computação em nuvem e redução de custos com serviços de TI

O sourcing baseado na nuvem pode ser considerado uma das maiores tendências para o mercado de TI nos próximos anos. Isso porque, à medida que se intensifica a necessidade de crescimento das corporações, a maioria delas está considerando e investigando a nuvem. A observação é da vice-presidente de pesquisas do Gartner, Helen Huntley, que abordará este e outros assuntos durante o evento VIII Conferência Gartner Outsourcing, que será realizado nos dias 07 e 08/Jun/11 no Sheraton WTC Hotel, em São Paulo.

A analista observa que o sourcing na nuvem avança mais rapidamente do que o mercado de serviços como um todo. “O resultado disto é que a propaganda exagerada sobre os serviços na nuvem está se dissipando e o trabalho de validar as ofertas na nuvem e aprender como firmar contratos neste modelo comercial já teve início”.

Outro importante ponto desta discussão, observa Helen, é a viabilidade dos modelos de sourcing na nuvem, que oferecem nova flexibilidade e um mínimo de investimento de capital, fatores que impactam diretamente a viabilidade de crescimento da categoria.

Contudo, os players deste mercado ainda enfrentam algumas preocupações relacionadas à segurança de dados e de TI, além das condições das cláusulas contratuais e dos desafios da interoperabilidade dentro de várias nuvens. “Portanto, apesar da promessa de haver na nuvem maior agilidade, eficiência e preços mais baratos, há também os aspectos negativos em potencial”, comenta a executiva.

Devido às mudanças que vêm acontecendo no mercado de provedores de serviços, por meio de fusões e aquisições, além da entrada de novos fornecedores (como Google e Amazon), as empresas precisarão adotar o sourcing “light”, que funciona com recursos e ativos fixos reduzidos.Além disso, será necessário entender a noção de “serviços” para obter agilidade e alavancar um ecossistema sempre variável de fornecedores.

Outro tema relevante a ser abordado durante a VIII Conferência Gartner Outsourcing será as práticas de outsourcing tático e com enfoque na redução de custo. Sobre o assunto, a analista do Gartner observa que, “frequentemente, este outsourcing leva a algum tipo de queda ou falha ao longo do tempo, relacionada ao alinhamentodo serviço com aquilo que os negócios realmente necessitam”.

De acordo com Helen Huntley, para concretizar a redução de custos, as empresas deverão concordar com menos personalização e mais padronização, mais industrialização. “Quando isso acontecer, é importante não perder de vista os objetivos estratégicos traçado”, destaca.

Na mais recente pesquisa global feita pelo Gartner com CIOs, o crescimento das empresas emergiu como principal prioridade de negócios dos líderes de TI. “Quando você sabe que desenvolver infraestruturas flexíveis e entregar projetos para suportar o crescimento da empresa são seus principais interesses como CIO, então você precisa perguntar se sua estratégia de sourcing está realmente coerente com esses objetivos”, complementa a vice-presidente de pesquissas do Gartner.

Durante a VIII Conferência Gartner Outsourcing, outros sete analistas do Gartner fornecerão suas visões para o mercado de sourcing e outsourcing, além de apresentar resultados das pesquisas mais recentes realizadas pelo Gartner sobre estes assuntos.

As inscrições já estão abertas e podem ser feitas pelo telefone (11) 3074-9724 ou pelo e-mail brasil@gartner-la-events.com.

VIII Conferência Gartner Outsourcing
Data: 7 e 8 de junho (terça e quarta-feira)
Local: Sheraton WTC Hotel – São Paulo
Horário: das 9h às 19h
Mais informações: www.gartner.com/br/outsourcing

0 Comments

Leave a Comment